De acordo com os dados disponibilizados pelo Portal PORDATA, constatamos que, desde 2015 para cá, Celorico de Basto tem tido um crescimento satisfatório no que toca às receitas totais obtidas pelos alojamentos turísticos. Sendo mais precisos, a taxa de crescimento média anual deste indicador, para o período indicado, aponta para cerca de 46%. Na sua grande parte, estes dados justificam-se com o crescente investimento privado na construção e reabilitação de casas para alojamento local e, também, com a edificação do hotel.
Não obstante algumas boas políticas levadas a cabo pelo atual executivo, existe ainda muito a fazer e a potencializar. Nomeadamente, recuperar e valorizar as várias praias fluviais do concelho, por exemplo, com a colocação de WC’s públicos; definir e sinalizar os diferentes trilhos para caminhadas existentes, com a garantia da sua manutenção; entre outras intervenções. O Turismo é uma das vertentes a apostar de forma estratégica, coordenada e duradoura, para que possamos dar a conhecer a quem nos visita, a beleza natural invulgar do nosso concelho, os nossos vinhos e a nossa gastronomia.
Acreditamos ser necessária uma articulação direta e transparente com as empresas de turismo, com os estabelecimentos de restauração e com as associações ou grupos informais que promovem a divulgação do concelho. Mais do que bem receber, é preciso entreter. A comunicação e o pensamento coletivo são, indubitavelmente, uma mais valia para a prosperidade e a nossa missão é desenhar um concelho onde todos, sem exceção, se sintam motivados a participar no seu desenvolvimento e crescimento. No fundo, Celorico é dos Celoricenses, e sempre será.
Fonte: PORDATA

Ver Fonte